ÚLTIMAS DICAS
  27.04.2017
8 dúvidas comuns em relação ao trabalho do arquiteto paisagista
  02.03.2017
@casaverdegardencenter
  24.02.2017
Fique informado sobre nosso horário de trabalho neste Carnaval
  01.10.2015
Plantas ornamentais para interiores - Não há quem resista a ter uma planta dentro de casa ou no local de trabalho.
  30.11.2012
Cuidados com a Grama preta
  01.09.2010
Mesmo em apartamentos é possível se ter um espaço agradável com plantas
  05.06.2010
Dar e receber flores de presente é uma delícia! Elas transmitem carinho, delicadeza e trazem alegria com suas cores e perfumes!
  10.12.2009
Conheça as verdades e o mitos sobre este assunto
  11.08.2009
Ferramentas: peças importantes na jardinagem
  19.06.2009
Indispensáveis em um jardim tropical as palmeiras quase sempre acabam roubando a cena. Elas são lindas, resistentes e de fácil manutenção.
  28.04.2009
Atenção ao escolher algumas espécies que podem ser venenosas
  02.04.2009
Outono, época de cuidados especiais com os jardins
  11.03.2009
Uma espinhenta paixão!
  29.12.2008
Escolha certo agora para facilitar depois!
  21.10.2008
Além de serem lindas plantinhas, elas deixam o ambiente perfumado, decorando e dando um toque especial a suas receitas.
  22.09.2008
Prepare seu jardim para a agradável visita dos pássaros
  20.08.2008
As trepadeiras são belas e enfeitam não só casas e sítios, mas também apartamentos onde podem sim, serem cultivadas.
  20.08.2008
Quem não gosta de ter em casa um vaso com violetas?
  30.07.2008
Inverno: cuidados com plantas, jardins e gramados...
DICA

Jardins em apartamentos

Atualmente, cada vez mais as pessoas estão optando por morar em apartamentos. Praticidade, segurança e os vários serviços que muitos condomínios oferecem nas grandes cidades são um grande atrativo para esta escolha.
Mas mesmo sem o espaço do pátio de uma casa tradicional, é possível ter um pequeno jardim, afinal, não há quem resista a ter uma planta natural, pode ser até uma simples violeta em cima da mesa, mas é inevitável você ficar perto delas.
As plantas valorizam os ambientes internos, humanizando-os e os tornando mais agradáveis. Elas atuam como objetos (vivos!) de decoração, suavizando paredes, separando ambientes, “quebrando” cantos sem graça, reavivando espaços inutilizados, como debaixo de uma escada, por exemplo.
As varandas atuam como uma extensão do apartamento, funcionando como um importante lugar de convívio familiar -sendo que algumas possuem até churrasqueira- ou até de relaxamento, como é o caso das sacadas dos quartos.
Em sacadas e coberturas, há inúmeras possibilidades, o tradicional piso cerâmico, presente na maioria dos casos, pode ser transformado com a utilização de decks de madeira tratada, seixos de diferentes cores e tamanhos e cascas; as paredes podem receber vasos, painéis com plantas e treliças; E para receber as plantas maiores, além de vasos, disponíveis em vários materiais, podem ser construídas floreiras, que servem como cachepot, estas podem ser de madeira, bambu, ou se a estrutura suportar, até mesmo de alvenaria. Alguns acessórios, como casinhas e comedores para passarinhos, fontes e sininhos do vento completam e trazem graciosidade ao ambiente.
Em espaços maiores, normalmente em coberturas, há muitas vezes a possibilidade de aproveitar a área para outros usos juntamente com a jardinagem: uma área de estar com sofá para receber amigos, um ofurô ou SPA para relaxar, uma mesa para refeições ao ar livre ou simplesmente um deck com futons que serve para múltiplos usos e traz uma atmosfera mais descontraída.
Na escolha das espécies, basicamente três aspectos devem ser considerados: incidência de sol, ventos e a dedicação que o proprietário pode dar as plantas. Esta última, refere-se a quem vai cuidar das plantas; Se gosta e tem tempo para cuidar, pode escolher flores de época e plantas mais delicadas, mas para quem gosta de plantas naturais e não tem tempo cuidá-las, pode optar por plantas mais rústicas e que não necessitem de regas freqüentes, podas periódicas e de preferência com folhas maiores, como palmeiras, cactus e agaves.
Se o jardim ou vaso fica dentro de casa devemos ter mais cuidado na escolha das espécies, pois nem todas as plantas suportam ficar em ambientes sem incidência de sol direto, então se deve escolher as que se adaptam a estas condições. Vale lembrar que umas precisam de mais luminosidade do que as outras, portanto é interessante pedir orientação sobre a espécie mais apropriada ao seu espaço antes de comprá-la.
Em varandas que recebam sol direto em algum período do dia, pode-se até plantar árvores frutíferas em vasos. Um dos cuidados importantes na hora de escolher a espécie é dar a preferência por plantas cujos frutos são pequenos, como exemplo: pitanga, romã, laranjinha-kinkã, jabuticaba ou figo.
Seja qual for o tamanho de seu apartamento a melhor opção é procurar a ajuda de um profissional, que saberá projetar o melhor uso do espaço e irá lhe indicar na escolha das espécies mais adequadas, além de orientar sobre os principais cuidados na manutenção.