ÚLTIMAS DICAS
  27.04.2017
8 dúvidas comuns em relação ao trabalho do arquiteto paisagista
  02.03.2017
@casaverdegardencenter
  24.02.2017
Fique informado sobre nosso horário de trabalho neste Carnaval
  01.10.2015
Plantas ornamentais para interiores - Não há quem resista a ter uma planta dentro de casa ou no local de trabalho.
  30.11.2012
Cuidados com a Grama preta
  01.09.2010
Mesmo em apartamentos é possível se ter um espaço agradável com plantas
  05.06.2010
Dar e receber flores de presente é uma delícia! Elas transmitem carinho, delicadeza e trazem alegria com suas cores e perfumes!
  10.12.2009
Conheça as verdades e o mitos sobre este assunto
  11.08.2009
Ferramentas: peças importantes na jardinagem
  19.06.2009
Indispensáveis em um jardim tropical as palmeiras quase sempre acabam roubando a cena. Elas são lindas, resistentes e de fácil manutenção.
  28.04.2009
Atenção ao escolher algumas espécies que podem ser venenosas
  02.04.2009
Outono, época de cuidados especiais com os jardins
  11.03.2009
Uma espinhenta paixão!
  29.12.2008
Escolha certo agora para facilitar depois!
  21.10.2008
Além de serem lindas plantinhas, elas deixam o ambiente perfumado, decorando e dando um toque especial a suas receitas.
  22.09.2008
Prepare seu jardim para a agradável visita dos pássaros
  20.08.2008
As trepadeiras são belas e enfeitam não só casas e sítios, mas também apartamentos onde podem sim, serem cultivadas.
  20.08.2008
Quem não gosta de ter em casa um vaso com violetas?
  30.07.2008
Inverno: cuidados com plantas, jardins e gramados...
DICA

Cactus

Planta originária de regiões áridas ou semi-áridas cujo nome deriva do grego Káktos, que significa planta espinhosa.

Sua característica são caules grossos que possibilitam o armazenamento de água em quantidade e a presença de espinhos.

Mas esta planta também floresce! As flores bem coloridas nos tons branco, amarelo, vermelho ou até lilás, são lindas e muitas vezes perfumadas.
A planta se apresenta em formas bem diferenciadas, tais como em bolas, pedras, estrelas, compridas, redondas, abóboras, com espinhos, com cabelos, tentáculos, etc.

Para se defender da seca esta planta muito diferente planta criou depósitos próprios de água e desenvolveu espinhos que além de coletores de orvalho são uma defesa contra os predadores.
O cactos é pouco exigente quanto aos cuidados no cultivo. Eles precisam de sol, mas a quantidade de luz direta ou indireta varia conforme as diferentes espécies e de seu habitat natural.

REGAS: No verão, as espécies com mais de três anos devem ser regadas a cada 5 ou 6 dias; já os minicactos a cada 4 dias. (quanto menor os vasos, mais freqüentes devem ser as regas). No inverno, os cactos mais velhos devem receber água a cada 12 dias e os jovens a cada 8 dias. Toda a terra ao redor deverá ser molhada, mas não encharcada. Cuidado com o exagero, que pode ser um fator de apodrecimento das raízes.

LUMINOSIDADE: No verão, o ideal é que recebam um pouco de sobra nas horas mais quentes do dia, já no inverno, eles preferem sol direto. Todos eles precisam ter boa ventilação.
A exceção fica por conta dos minicactos (aqueles que vêm em pequenos vasinhos). Como ainda são bem jovens, os minicactos apresentam menor resistência à exposição direta dos raios solares. Neste caso, é melhor colocá-los em áreas claras e arejadas, mas longe da luz solar direta.

Agora que você já viu como é fácil cuidar dos cactos, quem sabe não inicia uma interessante coleção?